Saiba como escolher o andar do apartamento ideal

O andar do apartamento pode não parecer um fator importante para muitos na hora de comprar ou alugar um imóvel em prédios. O sonho de ter um apartamento próprio requer uma análise intensa, para que decisões precipitadas não atrapalhem o seu investimento. Além da vista, outros fatores são importantes ao escolher o andar do apartamento.

Conheça no texto a importância de escolher o andar correto e como escolher o melhor, para não ter arrependimentos. Confira!

 

Por que escolher o andar do apartamento certo é importante?

São muitos os fatores que influenciam a pessoa que pretende comprar um apartamento. Além da parte financeira, a estética e o estado de conservação do local afetam diretamente na escolha. Porém, muitos ainda não levam em consideração o andar do apartamento.

Para mostrar a sua importância, podemos fazer uma comparação com casas. Ao escolher comprar uma casa, todos consideram a sua localização um fator essencial na compra. Portanto, a localização da casa pode ser considerada o equivalente ao andar do apartamento.

 

Como escolher o andar do apartamento ideal?

 

1. Necessidades dos moradores

O principal fator que deve ser pensado é nas necessidades de quem vai morar no apartamento. O local onde você mora deve causar sensação de conforto, segurança e bem estar, que pode ser prejudicado se você escolher o andar incorreto.

Se entre os moradores estão crianças ou idosos, a escolha ideal pode ser um andar mais baixo. Andares altos podem causar riscos às crianças, e para os idosos subir muitas escadas se torna cansativo.

Além disso, a presença de elevador no prédio causa grande influência na escolha. Se o prédio tiver um, para o caso dos idosos o andar alto já não é um problema. 

Mas se ainda o andar alto é uma preferência, se tiver crianças no local, as redes de proteção se tornam um item essencial. 

 

2. Isolamento acústico

A quantidade de ruídos pode ser um fator crucial para aqueles que passam muito tempo em casa. Mas, mesmo para quem não passa tanto tempo em casa, poder descansar no silêncio é o que muitos buscam.

É preciso de uma análise para saber os sons internos e externos do seu novo apartamento. Muitos prédios, principalmente os mais novos, têm suas paredes e janelas acústicas, mas aos que não tem, é preciso desta análise.

Avalie os ruídos da rua e também do próprio prédio, como o som do elevador, escadas, e é claro, dos vizinhos.

Há um entendimento comum de que o primeiro andar é o mais barulhento, sendo ele evitado por muitos. O que podemos deixar claro é que, essa questão é relativa e leva em conta diversos outros fatores.

Se o prédio tiver isolamento acústico como citamos anteriormente, o barulho do primeiro andar não será um problema. Mas, se você preza pelo silêncio, possivelmente os andares mais altos serão a melhor escolha.

 

3. Segurança e privacidade

A privacidade é também outro fator importante na escolha. Andares mais altos podem parecer a melhor opção para ter mais privacidade. Mas, se os prédios vizinhos forem do mesmo tamanho que o seu, ou até mais alto, essa opção se anula.

Andares mais baixos, dependendo da altura do prédio no geral, podem oferecer pouca ou nenhuma privacidade. Portanto, é preciso analisar este fator durante as visitas ao local.

Além disso, a segurança pode ser menos nos primeiros andares. Mas essa questão se torna relativa, por isso, é importante conhecer o sistema de segurança do prédio antes de fazer a escolha.

 

4. Ventilação e luz natural

Um apartamento com pouca ventilação e incidência de sol traz diversos problemas, tanto para o apartamento quanto para os moradores. Durante o verão, a ventilação natural é essencial. 

Além disso, a quantidade de luz solar que entra no apartamento é um fator bastante relevante, visto que esse fator causa até o aumento do preço do local. Por isso, analise com cautela essas questões durante as visitas. 

 

Gostou das nossas dicas? Se sim, não deixe de conferir as nossas opções de imóveis, com opções de andares que se adequam às suas preferências. 

E nos siga em nossas redes sociais, no Facebook e Instagram para receber mais conteúdos como este!