Saiba como cuidar de pets em apartamentos

Ter um cachorro ou gato em casa é sinônimo de felicidade! Porém ter pets em apartamentos pode ser um desafio. Por ser um local menor, alguns cuidados e mudanças devem ser feitas para que o seu pet tenha o conforto que merece. 

Além disso, ter o apartamento em boas condições e garantir a boa convivência com os vizinhos, devem ser levados em consideração. Por esses e outros motivos, trouxemos no texto a seguir as principais dicas de como cuidar de pets em apartamentos. Confira!

 

Como cuidar de pets em apartamentos

1.Prepare o ambiente

Esse é o primeiro passo a ser feito antes de ter um animal dentro do apartamento. Independente do andar em que o seu apartamento se localiza, é essencial que todas as janelas tenham telas de proteção. Isso é importante especialmente para gatos, que gostam de lugares altos. Mas esse cuidado deve ser tomado com os cães também. 

Um cuidado que deve ser tomado caso o seu pet seja um gato, é adquirir arranhadores. Dessa forma, o bichano não irá arranhar os móveis, como o sofá.

Além disso, manter plantas, produtos de limpeza e alimentos fora do alcance dos pets é importante para evitar acidentes.

 

2. Necessidades do animal

Para o bem estar tanto do pet quanto do dono, é preciso que o animal tenha um local para fazer suas necessidades. Para isso, o melhor lugar é na área de serviço, ou qualquer local bem arejado.

Para os gatos é possível usar a caixa de areia, que é uma opção bastante econômica e eficiente para manter a higiene do local. E para os cães há diversas opções, como o simples jornal no chão ou os tapetes higiênicos.

 

3. Mantenha o apartamento limpo

Manter o apartamento limpo com um pet nele pode ser difícil, mas com disciplina é possível. A dica anterior — de definir um local para seu pet fazer as necessidades — ajuda a manter o apartamento sempre limpo.

Limpar o apartamento com mais frequência evita que a sujeira e o pelo do animal fique espalhado por muito tempo. Ter um aspirador de pó irá te ajudar nessa tarefa! 

 

4. Cuidados com a saúde

Por estar num local menor, sem a possibilidade de correr ou se movimentar muito, a alimentação deve ser organizada. Sempre dar ração de qualidade e incentivar o pet a beber água devem ser medidas frequentes na sua rotina. 

Além da alimentação correta, é importante fazer o seu pet se movimentar! Se o seu condomínio não tiver uma área adequada para os pets, há outras opções. No caso dos cachorros é possível levá-los para passear. Mas no caso dos gatos isso não é possível. Uma boa alternativa é fazer brincadeiras, com ratos de brinquedos ou bolinhas.

 

5. Convivência com os vizinhos

Legalmente, nenhum condomínio pode proibir os moradores de terem pets em apartamentos. Isso, desde que o pet não cause nenhum dano à saúde dos moradores ou perturbe o sossego. Porém, os condomínios podem estabelecer restrições, como a proibição do pet na área de lazer. Por isso é importante saber quais são as regras de onde você mora para evitar surpresas desagradáveis.

Se no seu condomínio não há grandes restrições para pets, aproveite os benefícios mas garanta o bem estar de todos. Ao levar seu cachorro para passear na área comum do prédio, mantenha ele na coleira e leve saquinhos para coletar a sujeira que ele causar.

 

Gostou de saber como cuidar de pets em apartamentos? Com esses cuidados você poderá ter uma companhia especial sem preocupações! Para receber mais conteúdos como esse, nos siga no Facebook e Instagram!