O que são os espaços coworking?

Os espaços coworking estão cada vez mais populares dentro de empresas, mas não somente nelas. A popularização dessa tendência é tão grande que as construtoras estão aderindo e implantando o espaço dentro dos condomínios.

No texto a seguir, você vai conhecer em detalhes a mais nova tendência dos condomínios e as vantagens de morar em um condomínio com um espaço coworking. Para conhecer, é só continuar a leitura!

 

O que são os espaços coworking?

Os espaços coworking surgiram em meados da década de 1990 com a intenção de integrar os trabalhadores de uma mesma empresa. Em pouco tempo a tendência se espalhou pelo mercado e atualmente no Brasil está presente 195 cidades, somando cerca de 1497 espaços. 

Eles são, basicamente, um espaço de trabalho compartilhado por várias pessoas. Esses espaços já são bastante comuns dentro das empresas e a sua grande vantagem é a troca de experiências.

Nesse espaço compartilhado de trabalho são oferecidos a estrutura necessária para o trabalhador exercer a sua função. 

 

Tendência em condomínios

Como já falamos, os espaços coworking passaram a sair um pouco de dentro das empresas e irem para dentro dos condomínios. Com a consolidação do home office, que apesar de já existente há anos, teve seu maior crescimento em 2020 com a pandemia, o conceito de trazer o trabalho para casa surgiu.

Mas, ao contrário do home office, que é mais recluso e literalmente dentro de casa, o espaço coworking é compartilhado. Com a pandemia encaminhada ao seu fim, esses espaços serão ainda mais utilizados muito em breve.

 

Vantagens dos espaços coworking em condomínios

 

1. Maior flexibilidade

A flexibilidade que você tem ao morar em um condomínio com um espaço coworking é uma das maiores vantagens. Para quem trabalha em casa, a monotonia pode ser um problema, afinal, trabalhar no mesmo lugar todo dia pode ser desmotivador após um tempo.

A possibilidade de poder variar o ambiente de trabalho pode ser o que você precisa para aumentar a sua produtividade. 

Além da possibilidade de variar o local, trabalhar dentro de casa é ter que fugir das distrações. Afinal, trabalhar num local que possui uma cama no quarto ao lado pode ser tentador, né?

Já para quem não tem um espaço de trabalho apropriado dentro de casa e não pretende ter, seja por qual motivo for, o coworking pode ser a opção mais viável. 

 

2. Networking

Assim como nos espaços coworking fora do condomínio, ele pode ser um ótimo local para estabelecer networking. Para quem não é familiarizado com o conceito, networking é a atividade de formar uma rede de contatos, ou seja, uma relação de trabalho baseada na troca de informações e experiências.

Com o coworking residencial é possível sim estabelecer networking, com os próprios moradores do local. Essa é uma forma nova de networking e que pode ser bastante efetiva. 

 

3. Infraestrutura do condomínio

Condomínios com um espaço de trabalho compartilhado são condomínios completos, com grande infraestrutura. Investir em um condomínio com esses espaços, é investir em um condomínio que se preocupa em oferecer o melhor para seus moradores.

E com isso, a valorização do imóvel será alta, já que os espaços, apesar da sua crescente  tendência, ainda não são amplamente conhecidos. 

Gostou de conhecer mais sobre essa tendência? Estamos sempre atualizando as nossas redes sociais com conteúdos como esses, não deixe de conferir nosso Instagram e Facebook.