Imóveis são o investimento mais seguro neste momento!

No cenário em que estamos, profundamente afetado pela pandemia do novo coronavírus e, principalmente, a tão necessária quarentena que ela provocou, a maioria dos segmentos da nossa economia está passando por uma crise. Tudo isso afetou até mesmo os investidores, visto que a Bolsa de Valores está altamente instável e ninguém tem mais a certeza de qual é o investimento mais seguro neste momento.

Em uma situação como esta, imóveis costumam aparecer como uma das alternativas mais interessantes para os investidores que têm medo de arriscar seu dinheiro em algo que não ofereça muitas certezas. Afinal, imóveis são considerados um investimento de baixo risco — por serem bens identificados com facilidade e também por terem uma tendência de valorizar com o tempo.

Outro fator que faz os imóveis serem um investimento seguro e que podem apresentar suas vantagens antes mesmo de serem repassados é a possibilidade de transformá-los em uma constante fonte de renda, através do aluguel. Independente da utilização que será dada ao imóvel em questão, é inegável que eles são o investimento mais seguro em um momento no qual a economia do país está cheia de incertezas.

No restante do texto abaixo, a Barbarotti te mostra como e explica por que os imóveis são o investimento mais seguro a se fazer agora. Continue a leitura na sequência e confira!

Imóveis representam o investimento mais seguro para todos os tipos de investidores

Existem alguns tipos diferentes de investidores. Enquanto uns querem retorno a curto prazo e o mais cedo possível, outros pensam a longo prazo, visualizando seus lucros apenas para anos depois. Qualquer que seja o seu caso, saiba que há uma opção dentro do universo de imóveis perfeita para você. Na sequência nós explicamos, acompanhe:

Curto prazo

O primeiro tipo de investidor que citamos é o que deseja obter o retorno a curto prazo. Para ele, o ideal é encontrar algo em que seja possível investir dinheiro e ter algo de volta assim que possível. Não há tempo a ser perdido.

Para este tipo de investidor, a solução é melhor apostar em imóveis que já estão finalizados. Dessa maneira, eles podem ter um retorno praticamente imediato se fizerem o que citamos na introdução: apostar no aluguel. Com a mensalidade cobrada, é possível pagar parcelas do financiamento e ainda ter uma renda extra.

Médio prazo

Nosso próximo tipo de investidor é aquele que ainda não pensa tão para a frente assim mas que também não tem a mesma pressa do anterior. Para ele, não é um problema esperar um pouco, desde alguns meses até aproximadamente dois anos.

Uma sugestão para este investidor é a de apostar em um imóvel que está sendo construído. Por ainda não estar pronto, ele irá pagar um pouco menos do que pagaria caso já estivesse pronto e terá seu imóvel em não muito tempo. Como forma de lucro, ele também pode usar o aluguel.

Longo prazo

Por fim, temos o investidor a longo prazo. Este não se importa nem um pouco em esperar alguns anos para obter seu retorno. Afinal, estamos tratando de um investimento — o que pode sim vir a demorar.

Neste caso específico, a recomendação é a de adquirir um imóvel ainda na planta. Não há nenhuma outra alternativa que custe menos que esta, ou seja, o retorno será ainda maior. Como não existe pressa, o retorno não precisa necessariamente vir através do aluguel; o proprietário também pode esperar alguns anos até que o imóvel valorize e vendê-lo por um valor muito maior do que o investido.

Viu como imóveis são, indiscutivelmente, o investimento mais seguro neste momento? Caso tenha interesse em começar a investir e queira adquirir o seu também, por que não confere os imóveis oferecidos pela Barbarotti? Nós temos opções para todos os investidores! Entre em nosso site e confira através deste link!