Documentos para comprar um imóvel: quais são necessários?

Qualquer transação exige documentos para ser concretizada — e as notas fiscais são um bom exemplo disso. Negociações muito maiores, como é o caso dos imóveis, precisam de ainda mais. Afinal, como há muito dinheiro envolvido, é preciso garantir que esteja tudo bem regularizado. Mas você sabe quais são os documentos para comprar um imóvel? A lista é consideravelmente grande, o que pode surpreender muitas pessoas.

Pensando em te ajudar a se preparar para a sua compra, a Barbarotti Imóveis elaborou este texto com todos os documentos para comprar um imóvel. Na sequência, nós trouxemos três listas diferentes: os documentos necessários para pessoas físicas que querem comprar, os documentos necessários para pessoas jurídicas que querem comprar e, por fim, os documentos necessários para quem quer vender.

Assim, fica muito mais fácil saber o que entregar e também o que exigir. Continue a leitura e confira!

Documentos para comprar um imóvel: pessoa física

Começamos com o mais comum: o caso de uma pessoa física comprando um imóvel. Essa situação é recorrente especialmente quando falamos de pessoas ou famílias adquirindo o primeiro imóvel próprio:

  • RG (Registro Geral);
  • CPF (Cadastro de Pessoa Física);
  • Comprovante de residência (contas como luz, água ou internet);
  • Extrato atualizado do FGTS (caso o saldo seja utilizado para a compra);
  • Declaração de Imposto de Renda, incluindo com o protocolo da entrega na Receita ou Notificação do IR;
  • Cópias das aplicações financeiras (caso haja);
  • Comprovante de renda (em caso de financiamento);
  • Comprovante de estado civil – (certidão de nascimento ou de casamento), dependendo do caso).

Documentos para comprar um imóvel: pessoa jurídica

Contudo, há a possibilidade também de empresas, as pessoas jurídicas, comprarem um imóvel. Nesse caso, os documentos necessários são:

  • Contrato Social;
  • CPF dos representantes legais;
  • RG dos representantes legais;
  • Última alteração contratual;
  • Cartão do CNPJ;
  • Balanço atualizado;
  • 03 últimos extratos bancários (PJ).

Documentos para vender um imóvel

Assim como os compradores precisam apresentar documentos específicos para fazer a compra, os vendedores — sejam eles pessoas, construtoras ou imobiliárias — devem fazer o mesmo. Afinal, são esses os documentos que comprovam a regularidade do imóvel, além de mostrar se há alguma dívida atrelada a ele (no caso de imóveis usados). Acompanhe quais são:

  • Matrícula do imóvel atualizada (espécie de certidão de nascimento do imóvel, contendo todas as informações sobre ele);
  • Escritura do imóvel atualizada (comprovação da propriedade do imóvel);
  • Certidão de “Habite-se” (atesta que imóveis novos estão de acordo com as exigências da prefeitura);
  • Certidão Negativa de Ônus Reais (identifica se há algum ônus como penhora ou hipoteca);
  • Certidão Negativa dos Cartórios de Protestos (comprova a não existência de inadimplências relacionadas ao imóvel);
  • Certidão Negativa de Débitos Condominiais (mostra que não há nenhuma dívida com o condomínio);
  • Certidão Negativa dos Distribuidores Executivos Fiscais do Estado e Município (mostra a existência ou não de ações judiciais no nome do vendedor ou proprietário);
  • Certidão Negativa de débitos de IPTU (comprova a inexistência de débitos com o IPTU);
  • Planta do imóvel aprovada pela prefeitura.

Relembramos que, em casos de imóveis novos, alguns desses documentos ainda não existem e, portanto, não são necessários. Basta desconsiderá-los.

E você, já conhecia os documentos para comprar um imóvel? Se gostou do conteúdo e quer receber mais, acompanhe a Barbarotti Imóveis no Facebook e no Instagram!