Conheça o Programa Casa Verde e Amarela, substituto do Minha Casa Minha Vida

Todos sabemos a importância dos programas sociais de subsídio de moradias. Por diversos anos, tivemos o Minha Casa Minha Vida como o principal, ajudando milhares de famílias na realização do sonho da casa própria. Nesta semana, porém, o Governo Federal anunciou o seu novo programa: o Casa Verde e Amarela. Ele vem como um substituto do Minha Casa Minha Vida e promete melhorar alguns pontos do anterior.

Na sequência deste texto, a Barbarotti Imóveis introduz o Programa Casa Verde e Amarela, conta os principais detalhes dele e, por fim, mostra o que mudou em relação ao Minha Casa Minha Vida.

Se você quer saber mais sobre o novo programa do Governo Federal, continue a leitura do texto abaixo e confira!

 

Governo anuncia o lançamento do Programa Casa Verde e Amarela

Na última terça-feira, dia 25 de agosto, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lançou, em uma cerimônia no Palácio do Planalto, o Programa Casa Verde e Amarela. Ele vem como o novo substituto do Minha Casa Minha Vida, que estava em vigor desde 2009. Seu objetivo é reformular o programa antigo, trazendo novos benefícios e permitindo que ainda mais gente tenha acesso a moradia.

Um ponto importante que deve ser citado é a questão regional. As regiões Norte e Nordeste — que, hoje, são as que mais se beneficiam do MCMV, terão taxas de juros diferenciadas e ainda mais baixas no Casa Verde e Amarela.

O programa foi criado através de uma Medida Provisória (MP), que ainda deve passar pelo Parlamento para entrar em vigor. Na cerimônia, o presidente ainda falou: 

“Não tenho muito a dizer, apenas cumprimentar os ministros que trabalharam incansavelmente nessa questão, bem como o nosso Parlamento, que agora recebe essa MP e a aprovará, com toda certeza e, se for o caso, fará aperfeiçoamentos. Assim é que se fazem as leis, assim que nos apresentamos para atender a nossa sociedade”.

Com os novos parâmetros pré-definidos, o Governo estima atender 1,6 milhão de famílias de baixa renda até 2024, 350 mil a mais do que o previsto com o Minha Casa Minha Vida.

 

Diferenças entre o Casa Verde e Amarela e o Minha Casa Minha Vida

A melhor forma de entender o Casa Verde e Amarela é compará-lo com seu antecessor, o Minha Casa Minha Vida. Veja, abaixo, as comparações entre as rendas contempladas pelos programas:

 

Minha Casa Minha Vida

  • Faixa 1: Renda de até R$ 1,8 mil
  • Faixa 1,5: Renda entre R$ 1,8 mil e R$ 2,6 mil
  • Faixa 2: Renda entre R$ 2,6 mil e R$ 4 mil
  • Faixa 3: Renda entre R$ 4 mil e R$ 7 mil

 

Casa Verde e Amarela

  • Grupo 1: Renda de até R$ 2 mil
  • Grupo 2: Renda entre R$ 2 mil e R$ 4 mil
  • Grupo 3: Renda entre R$ 4 mil e R$ 7 mil

 

Não apenas os grupos mudaram, mas também as taxas de juros para cada um deles. Veja:

 

Minha Casa Minha Vida

  • Faixa 1,5: Taxa de juros 5% (não cotista do FGTS) e 4,5% (cotista do FGTS)
  • Faixa 2: Taxa de juros de 5,5% a 7% (não cotista) e de 5% a 6,5% (cotista)
  • Faixa 3: Taxa de juros de 8,16% (não cotista) e 7,66% (cotista)

 

Casa Verde e Amarela (Sul, Sudeste e Centro Oeste)

  • Grupo 1: Taxa de juros de 5% a 5,25% (não cotista do FGTS) e de 4,5% a 4,75% (cotista do FGTS)
  • Grupo 2: Taxa de juros de 5,5% a 7% (não cotista) e de 5% a 6,5% (cotista)
  • Grupo 3: Taxa de juros de 8,16% (não cotista) e de 7,66% (cotista)

 

Casa Verde e Amarela (Norte e Nordeste)

  • Grupo 1: Taxa de juros de 4,75% a 5% (não cotista do FGTS) e de 4,25% a 4,5% (cotista do FGTS)
  • Grupo 2: Taxa de juros de 5,25% a 7% (não cotista) e de 4,75% a 6,5% (cotista)
  • Grupo 3: Taxa de juros de 8,16% (não cotista) e de 7,66% (cotista)

E essas são as principais informações a respeito do Programa Casa Verde e Amarela. E aí, gostou de saber mais sobre ele? Curtiu o texto? Se quiser continuar recebendo conteúdo, siga a Barbarotti Imóveis no Facebook e no Instagram!