4 dicas para escolher o seu primeiro imóvel

A escolha de um imóvel para aquisição é, para muitos, a realização de um sonho. É poder ter um local para chamar de seu — completamente seu, fugindo dos aluguéis que tanto nos incomodam. Contudo, escolher o primeiro imóvel não costuma ser uma tarefa fácil.

Foi pensando nisso que a Barbarotti preparou o texto de hoje! Nele, nós falaremos sobre a escolha do primeiro imóvel e daremos dicas de como fazê-la da forma mais consciente e vantajosa possível. Continue a leitura abaixo e saiba mais!

4 dicas para comprar o primeiro imóvel


1. Conheça todo o processo

Não é sempre que se compra um imóvel, muito menos o primeiro. Este é um momento bem especial na vida de muitas famílias, porém relativamente caro. Por exigir um investimento elevado, é preciso se planejar e ir atrás de informações, seja com amigos e familiares que já passaram pela mesma situação ou pela própria internet.

Aqui na Barbarotti, nossos corretores estão sempre preparados para explicar com detalhes cada pequeno passo do processo de comprar um imóvel. Afinal, nós sabemos como ele é complicado para quem não é especialista no assunto e entendemos a importância de saber as informações necessárias para que tudo ocorra da melhor forma possível.


2. Analise todas as características

Quando você começar a procurar pelo primeiro imóvel, verá que as opções disponíveis no mercado podem variar muito. Metros quadrados, número de quartos e vagas de garagem, sem falar na área comum do condomínio e na localização, são fatores que fazem o imóvel ter mais ou menos a cara do comprador.

Portanto, se você quer que o seu primeiro imóvel seja perfeito para você, assim como para as outras pessoas que também irão morar no mesmo local, analise todas as características dele e procure reunir o máximo de atributos que você deseja no mesmo imóvel.


3. Escolha a forma de pagamento

Depois de entender como funciona a compra e de optar pelo apartamento mais adequado, a hora de escolher a forma de pagamento chega.

Para facilitar o processo, tanto os bancos quanto algumas construtoras oferecem opções de financiamentos imobiliários, incluindo o Minha Casa Minha Vida. Além disso, há também a possibilidade dos consórcios.

4. Faça um planejamento financeiro

Como já citamos, o investimento necessário para adquirir um imóvel é consideravelmente alto — independente da forma de pagamento escolhida. Para dar conta de pagar todas as parcelas sem ficar no aperto, é preciso ter uma planejamento financeiro muito bem definido. 

Às vezes uma certa oportunidade pode parecer tentadora, mas se você sabe que não terá condições de arcar com ela, talvez a melhor escolha seja por outro imóvel. Planeje-se para saber o que cabe no seu orçamento e o que pode complicar seus outros compromissos.

Escolher o primeiro imóvel pode não ser muito fácil, mas com as dicas que a Barbarotti deu neste texto, com certeza já é possível ter um norte. E se você quer ter uma boa variedade de opções, por que não confere as nossas? Temos diversos apartamentos novos a venda, os quais você pode ver neste link.


E se gostou deste conteúdo e quer receber mais, acompanhe a Barbarotti no Facebook e no Instagram!